A educação e o magistério em crise

Segunda, 09 de fevereiro de 2015 às 10:00:00

crise-na-educação.jpg

Estamos vivendo uma grave crise. Ninguém pode ficar fora dela. O Brasil está parando. Vamos
sofrer todos os brasileiros. Mas vamos lutar!


A Educação pública está em crise, assim como todo o funcionalismo das três esferas. Não é
uma crise paranaense; é nacional. Mas, afeta-nos, pessoalmente, a paranaense.


A APADE está preocupada com a qualidade da educação, pois ela vai afetar as gerações
futuras: A qualidade da educação resulta de vários fatores: salários do magistério; formação
adequada dos profissionais; ambiente físico adequado; programas bem estruturados; e
segurança institucional.


As recentes medidas propostas pelo governo do Paraná visam mais a apagar incêndios que a
melhorar a qualidade da educação, sem que isso signifique que todas elas sejam medidas
inadequadas. Por isso, a APADE entende que medidas relativas à educação devem ser tomadas
com cautela, discussão que tenha por foco principal, não o salário dos professores, mas a
qualidade da educação. Como posso ter uma qualidade de educação?


a - Sistema organizado (processos claros e permanentes na gestão da atividade docente);
b - Ambientes adequados à atividade;
c - Professores qualificados e engajados com a qualidade;
d - Remuneração condigna.


a) Não é possível que a atividade docente comece todo ano tumultuada e termine
desorganizada. A Secretaria da Educação, assim como as outras, é um órgão
administrativo e seus cargos e funções são técnico-administrativo-pedagógicas,
próprios da administração. Corpo administrativo habilitado e concursado que não seja
trocado a cada mudança de viés política.


b) Ambientes adequados à atividade docente: salas com espaço para o número de
alunos, equipadas com recursos de tecnologia educacional;
c) Professores qualificados para as atividades docentes, permanentemente atualizados,
com a respectiva avaliação. Nenhuma atividade pode ficar isenta de avaliação
permanente.


d) Remuneração digna corresponde se retribuir a docência com o olhar voltado para
resultados, no sentido de que não há como remunerar bem um serviço ruim.
A APADE não concorda com medidas adotadas às pressas. Devem ser tomadas, ouvidas as
partes envolvidas, mas todas devem ter em mira, acima de tudo, a qualidade da educação.
Não concordamos com discussões que levem em conta apenas salários, ou apenas custo da
educação. QUALIDADE, esse é o foco, pois sabemos que de uma educação de qualidade
depende o futuro do Paraná e do Brasil.
APADE


Voltar

Notícias

04 dez

Professor Nereu Milanese será o novo Presidente da APADE

04 dez

Veja quem foram os sócios sorteados para os imóveis do Litoral na temporada de verão

04 dez

Imóveis do Litoral são sanitizados para oferecer mais segurança aos sócios

Mais notícias

Fone: (41) 3323.6493

Endereço: Rua Des. Ermelino de Leão, 15 - 8º Andar - Curitiba - Centro - 80410-230

Aniversariantes
© Copyright 2015, administraçao escolar curitiba - Todos os direitos reservados