Número de crianças que morrem de câncer cai 13%

Número de crianças que morrem de câncer cai 13%

 

O número de crianças de zero a 14 anos que morreram de câncer caiu de 2.222, em 2006, para 1.924 óbitos 10 anos depois. Isso representa uma redução de 13,4% no período. Os dados são do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), divulgados nesta quarta-feira (28), por ocasião do Dia Nacional de Enfrentamento ao Câncer Infantil e Nacional de Combate ao Câncer.

De acordo com o Ministério da Saúde, nas últimas quatro décadas, o progresso no tratamento do câncer na infância e na adolescência foi “extremamente significativo”. Segundo a pasta, cerca de 80% das crianças e adolescentes acometidos por câncer podem ser curados se forem diagnosticados precocemente e tratados em centros especializados. “A maioria dessas crianças tem boa qualidade de vida após o tratamento adequado”, afirmou o órgão, em nota.

No caso de bebês menores de um ano, a redução foi de 27,8%. Crianças de 1 a 4 anos apresentaram queda de 9%, enquanto os de 5 a 14 anos tiveram queda de 13,4%.  Ainda de acordo com o levantamento, a taxa de morte por neoplasias na faixa etária de 5-14 anos era de 6,2/100 mil e passou para 4,9 em 2016. A taxa nos menores de 5 anos foi de 7,7/100 mil em 2006 passando para 6,1 em 2016.


Voltar

Notícias

22 mai

Passeio leva para cave de degustação de vinhos em Piraquara

22 mai

Asilo São Vicente de Paulo agradece doação da APADE

22 mai

Quer passar o feriado de junho na praia? Associe-se à APADE

Mais notícias

Fone: (41) 3323.6493

Endereço: Rua Des. Ermelino de Leão, 15 - 8º Andar - Curitiba - Centro - 80410-230

Aniversariantes
© Copyright 2015, administraçao escolar curitiba - Todos os direitos reservados